Consumo

Como descartar pilhas e baterias corretamente?

Tão importante quanto a descoberta da energia elétrica, que revolucionou a forma de vida da sociedade, o surgimento das pilhas e baterias veio para tornar essa energia algo portátil, possibilitando uma autonomia e um avanço ainda maior para o homem.

Como sabemos, embora tenhamos modelos diversos, essas fontes de energia em sua maioria possuem em sua composição metais pesados como mercúrio, chumbo e cádmio, sendo estes bastante nocivos para o ser humano e o meio ambiente. Sendo assim, as pilhas e baterias não devem ser descartadas no lixo comum a fim de evitar que essas substâncias vazem e contaminem as pessoas e a natureza.

Confira o vídeo que explica um pouco mais.

Conforme já comentamos aqui em um artigo anterior, hoje o Brasil possui a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), que determina que fabricantes e importadores destes objetos sejam obrigados a realizar a logística reversa do produto. Pensando nisso, a Associação Brasileira da Industria Elétrica e Eletrônica (ABINEE) lançou o programa Recebe Pilhas, que tem como objetivo implantar a logística reversa destes produtos e educar o consumidor para que ele entenda a importância do destino correto e os caminhos para essa iniciativa.

Imagem: ABINEE

Mas para onde devo enviar estes materiais?

Acessando este link, disponibilizado pela ABINEE em parceria com empresas deste segmento, é possível localizar o ponto de coleta mais próximo de você. O eCycle também disponibiliza uma ferramenta online de busca em que você poderá encontrar um local de descarte. Vale lembrar que apesar disso o consumidor poderá entregar o material para descarte no mesmo estabelecimento em que o item foi comprado. De acordo com as regras brasileiras, o estabelecimento é obrigado a receber e destinar corretamente as pilhas e baterias e, caso não o fizer recomendamos que seja feita uma denúncia.

Em que condições devo levar estes produtos até o ponto de coleta?

Naturalmente depende do tamanho e quantidade dos itens, mas o recomendado é que sejam colocados dentro de um saco plástico resistente e não misturá-los com outros itens.

Em paralelo a isso, a Duracell, uma das maiores no mercado interno de pilhas, disponibiliza em seu site dicas de uso e cuidados adequados com as pilhas para garantir o maior ciclo de vida possível. Confira aqui!

É fato que ainda que juntemos os pontos de coleta de todas as iniciativas nesta área não é possível cobrir 100% do território brasileiro e alertamos para este ponto. Entretanto, é possível enviar os itens para o fabricante e/ou importador.

Imagem: Creative Commons

É importante entender ainda que nosso papel enquanto cidadão vai além de dar destino correto a estes produtos, mas também contribuir com a educação dos demais membros da sociedade e estimular estabelecimentos e marcas a executarem corretamente as normas em vigor. Por isso não deixe de divulgar este material e ser um agente fiscalizador.

E você, já realizou o descarte correto de pilhas e/ou baterias? Conta pra gente então como foi a experiência!

 

 

 

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *