Turismo

Férias, Trilhas e Natureza: Reserva Natural Salto Morato

Se você não sabe para onde ir ou o que fazer nas férias de inicio de ano ou nos finais de semana, convidamos para explorar as belas e incríveis trilhas da Reserva Natural Salto Morato, no Paraná, criada pela Fundação Grupo Boticário.

A reserva, aberta ao público, conta com duas trilhas. A primeira delas, Trilha da Figueira, leva até uma imponente árvore centenária que abriga diversas espécies de plantas e animais. Já a segunda, Trilha do Salto, termina ao pé do Salto Morato, uma cachoeira com aproximadamente 100 metros de altura que dá nome à reserva. No caminho, o visitante ainda passa por um aquário natural onde é possível nadar com os peixes.

Se você não se programou ou ainda não tem nada planejado para as suas férias, combine com sua família e amigos e dê um pulo nesse incrível destino!!

Convidamos támbem os nossos leitores a assistirem ao último vídeo da série “Na Mata”, preparada pela Fundação em conjunto com o biólogo Reuber Brandão. Neste vídeo, o biólogo mostra um grande truque para monitoramento da fauna local. Ficou curioso? Aperte o play!

Assista aos vídeos da série “Na Mata” pelo canal do Youtube e na página da Fundação no Facebook.
A Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza
A Fundação Grupo Boticário é uma instituição sem fins lucrativos que, desde 1990, empreende esforços para conservar a natureza no Brasil. A Fundação apoia iniciativas de outras organizações em todo o país, investe em estratégias inovadoras de conservação como o pagamento por serviços ambientais e ainda realiza ações de sensibilização da sociedade para a causa.

Desde a sua criação, já apoiou 1.417 iniciativas de 481 instituições de todo o país e mantém duas unidades de conservação, a Reserva Natural Salto Morato, na Mata Atlântica; e a Reserva Natural Serra do Tombador, no Cerrado, somando mais de 11 mil hectares de áreas protegidas nos dois biomas mais ameaçados do país.
Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *