SaúdeSemana Temática

Dia Mundial da Saúde 2018: Saúde para todos

O Dia Mundial da Saúde é celebrado no dia 7 de abril. O principal objetivo desta data, criada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em 1948, é conscientizar as pessoas sobre a importância da preservação da saúde e debater questões que afetam a qualidade de vida das pessoas.

De acordo com o conceito definido pela OMS “a saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença ou enfermidade”.

Todos os anos são realizadas campanhas a respeito de um tema diretamente relacionado com a saúde. Essas ações são fundamentais para que informar a população sobre seus direitos e atitudes que podem tomar para o cuidado com seu bem-estar físico e mental. Neste ano de 2018, o tema selecionado para o Dia Mundial da Saúde é “Saúde para todas e todos. Em todos os lugares”.

Saúde - Eletro

O principal objetivo da campanha deste ano é aumentar a conscientização sobre a necessidade de cobertura e acesso à saúde universal, além dos benefícios que isso pode trazer. Hoje, por exemplo, ao menos metade da população mundial ainda não tem acesso aos serviços de saúde.

Mas o que é saúde universal? A saúde universal compreende uma gama de serviços de saúde, entre eles promoção da saúde, prevenção de doenças, tratamento, reabilitação e cuidados paliativos – que devem ser de qualidade, integrais, seguros, eficazes e acessíveis a todos.

Isso significa garantir que todas as pessoas, de qualquer lugar do mundo, tenham acesso essencial a serviços de saúde de qualidade, sem qualquer tipo de obstáculo que impedem o acesso, como: dificuldades financeiras, localização física ou geográfica, discriminação e barreiras institucionais.

saúde todos

Vale lembrar que garantir a saúde não é somente investir em hospitais e ofertar medicamentos. Investir em saúde é garantir a universalização do saneamento básico, é levar educação de qualidade para que todos possam estar informados a respeito dos riscos e prevenção de doenças. É garantir alimentação de qualidade e também promover qualidade de vida.

 

Com informações de: Ministério da Saúde, OMS e ONU

 

 

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *