ConsumoSemana TemáticaUrbanidade

Inovando na cozinha! Um sistema que produz biogás para cozinhar e ainda gera fertilizante

Biogás

Uma inovação benéfica para a natureza, para seu bolso e sua autonomia.

As questões da segurança energética e da geração cada vez maior de resíduos são grandes preocupações para o desenvolvimento humano e para a preservação do meio ambiente.

Utilizamos por dia 1,6 milhão de barris de petróleo no ano de 2017 [1], o principal combustível para geração de energia no mundo. Ao passo que descartamos 1,4 bilhão de toneladas de resíduos sólidos urbanos por mês [2]. Não precisamos de grandes estudos para perceber que a conta já não fecha. Seriam necessários 1,7 planetas Terra anualmente para mantermos este ritmo de produção, consumo e descarte atual [3].

Lixão Caminhão
Imagem: Creative Commons

Pensando em minimizar um pouco essa situação tão preocupante, a startup israelense HomeBiogas reuniu a possível solução para essas questões, ao menos na hora de cozinhar.

Já pensou em cozinhar sem depender de gás encanado ou dos antigos botijões? Não seria bom dar um destino melhor aos nossos resíduos ao invés de apenas enviá-los aos aterros? E ainda gerar fertilizante líquido para plantas nesse processo?

homebiogas
Imagem: HomeBiogas

Isso tudo já é possível com a inovação da HomeBiogas, um sistema que produz biogás, gás limpo para cozinhar, a partir de restos de alimentos e dejetos orgânicos e ainda gera, como subproduto, fertilizante líquido para plantas.

biogás
Alimento é combustível, não resíduos. Imagem: HomeBiogas

O funcionamento desse sistema lembra uma composteira tradicional, com a diferença que além de dejetos orgânicos, como cascas de frutas e legumes, também recebe carnes, laticínios, gorduras, óleos e até areia de gato usada. E com o plus de produzir biogás – as bactérias presentes no biodigestor decompõem os materiais orgânicos, liberando gás limpo para cozinhar. Fácil de montar, o sistema que funciona sem eletricidade, pode ser colocado, por exemplo, no quintal de casa. Diariamente, o sistema produz cerca de 6 kWh (kilowatt-horas) de energia, biogás suficiente para cozinhar por 3 horas.

HomeBiogas
Imagem: HomeBiogas

A facilidade na montagem e desmontagem dos sistemas dos biodigestores e o fato destes funcionarem sem energia elétrica são características que possibilitam que estes sejam utilizados em regiões remotas, onde a energia elétrica ainda não chegou.

Para conhecer mais sobre o sistema produtor de biogás:

 

[1] Dados Money Times – Para acessá-los, clique aqui.

[2] Dados Revista Em Discussão – Senado Federal – Para acessá-los, clique aqui.

[3] Dados Revista Super Interessante – Para acessá-los, clique aqui.

 

Com informações de: Ciclo Vivo, Exame, Homebiogas, Reuters e Waste 360.

 

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *