EcodesignTecnologiaUrbanidade

Construções Sustentáveis: iniciativas que fazem a diferença!

Em busca de estilos de vida cada vez mais sustentáveis, tem aumentado o debate acerca de melhores práticas neste sentido em construções e edificações. O tema sustentabilidade na construção civil permeia todas as etapas do processo, ou seja, desde o projeto até o ciclo de vida do empreendimento. Para isso, é importante considerar aspectos como os recursos naturais que serão empregados, a melhoria na qualidade de vida dos ocupantes, os resíduos que serão gerados e o formato de manutenção.

Apesar da abordagem não ser nova, seja em função da praticidade ou da cultura do mercado, a adoção de medidas que prevejam iniciativas sustentáveis na construção civil ainda não acontece de forma massiva. Itens básicos como captação de água da chuva, uso de energia solar, aproveitamento da luz e ventilação natural ainda ficam subjugados a outros aspectos como design e velocidade do andamento do projeto.

Green Design
Imagem: Creative Commons

O conceito de construção sustentável é muito bem explicado, de forma ampla, pelo Ecycle: “É uma forma de se construir casas e edifícios, harmonizando-os com o meio ambiente. Ela procura, durante toda sua produção e pós-construção, amenizar os impactos à natureza, reduzindo o máximo possível os resíduos e utilizando com eficiência os materiais e bens naturais. Além disso, é imprescindível a aplicação de materiais recicláveis e de menor impacto ambiental”. No site do Ecycle (clique aqui para saber mais) é possível conhecer um pouco mais sobre alguns materiais sustentáveis que podem ser empregados na obra, como o concreto reciclado e as telhas ecológicas.

É importante lembrar que muitas iniciativas sustentáveis podem ser adotadas não apenas no momento da construção, mas também em reformas e melhorias. Além disso, adquirir produtos e materiais que tenham certificado de origem que atestem a produção através de uma cadeia “limpa” na fase de construção é outra ação significativa.

Para ter garantia de que o produto vem de um manejo florestal responsável, que respeita os recursos do meio ambiente e os direitos dos trabalhadores, é preciso que o produto tenha certificação FSC. O FSC garante a rastreabilidade do produto florestal desde o manejo florestal responsável até o consumidor final, por meio da certificação de Cadeia de Custódia. / Imagem: FSC Brasil

Para atestar a sustentabilidade de uma edificação há atualmente duas certificações ambientais utilizadas no Brasil: o LEED – Lidership in Energy and Environmental Design, emitido pelo United States Green Building Concile e o Selo AQUA (Alta Qualidade Ambiental), certificação brasileira baseada na francesa HQE (Haute Qualité Environnemetale) e implantada pela Fundação Vanzolini.

Selo LEED
Imagem: UFPEL

O Ministério do Meio Ambiente possui em seu site área destinada ao tema “Construções Sustentáveis”, bem como Urbanismo e Cidades Sustentáveis, onde é possível entender um pouco mais sobre os assuntos. Além disso, o Sebrae também aborda as normas da ABNT para tornar uma construção sustentável.

Você conhece exemplos de edificações sustentáveis? Então conta pra gente!

 

 

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *