Semana TemáticaUrbanidade

Iniciativa ‘Amigos do Bem’ transporta esperança para o sertão nordestino

Tudo começou em 1993, quando Alcione Albanesi resolveu iniciar a própria trajetória no voluntariado. Ela juntou-se a um grupo de vinte amigos e viajou para o sertão nordestino a fim de doar alimentos, roupas e brinquedos a famílias vivendo em extremo risco social no período do Natal e do Ano Novo.

Para quem não sabe, o Sertão Nordestino é o semiárido mais populoso do mundo, com os mais baixos índices de desenvolvimento humano (IDH) do Brasil. Ali vivem mais de 22,7 milhões de pessoas em condições precárias, correspondendo a mais de 50% da população em situação de extrema pobreza no país.

A experiência deu tão certo que se tornou um trabalho de transformação, com iniciativas sócio assistenciais que movimentam a vida de milhares de pessoas. Assim nasceu a Amigos do Bem. Além da distribuição das doações, a iniciativa também leva atendimento médico e odontológico ambulatorial emergencial a essas famílias.

Hoje a Amigos do Bem movimenta a vida de mais de 13 mil famílias nos estados de Alagoas, Ceará e Pernambuco. São mais de 75 mil pessoas atendidas, em diversas ações realizadas ao longo do ano.

Para receber o atendimento as famílias passam por uma visita domiciliar e avaliação socioeconômica. Ao serem cadastradas, recebem o Cartão do Bem, que contém código de barras. O sistema possui dados eficazes para a distribuição de alimentos e eficiência na logística de distribuição e aferição de resultados. O histórico geral e as condições de vida são acompanhadas regularmente pela instituição.

Mensalmente, mais de 9.200 mil voluntários mobilizam-se nas tarefas de arrecadar, organizar e montar cestas básicas de diferentes tamanhos, de acordo com o número de integrantes das famílias atendidas. A arrecadação das doações, desde o início do projeto, é centralizada em São Paulo e feita nas grandes redes de supermercados por milhares de voluntários. Elas são organizadas e as cestas montadas em uma central na cidade de São Paulo.

De lá os voluntários seguem em carretas que percorrem mensalmente mais de 22.100 km até os sertões de Alagoas, Pernambuco e Ceará onde os kits são entregues em mãos às famílias cadastradas.

Para mais informações e saber como colaborar: https://www.amigosdobem.org/voluntariado-2/

 

 

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *