ConsumoEducaçãoSemana Temática

5 Passos para ser um consumidor consciente e praticar a sustentabilidade em casa

Você sabia que a prática de ações sustentáveis no cotidiano pode ser muito eficaz para a melhoria do impacto que causamos diariamente no planeta? E que o consumo consciente é parte essencial para que isso aconteça?

Pensando nisso, preparamos algumas dicas de como você pode se tornar um consumidor consciente e começar a deixar sua pegada no planeta mais sustentável e menos impactante.

1. Escolha um local da casa para focar sua atenção

Pode ser difícil focar em um local específico quando queremos mudar todos os nossos hábitos, não é mesmo? Mas escolher um cômodo da casa para começar as transformações para ter uma pegada mais sustentável pode ser mais simples, além de evitar preocupações e ansiedade caso você optasse por modificar toda a casa de uma única vez.

A cozinha é o local perfeito para colocar em prática o consumo consciente e a sustentabilidade! Ela é um dos locais da casa que mais pode gerar desperdício e impacto no meio ambiente. Então, fique atento para as dicas!

Imagem: Creative Commons

2. Atenção aos produtos que usualmente são consumidos

Um dos grandes vilões na cozinha é o detergente, considerado como um dos produtos de limpeza que mais concentram poluentes químicos. Além da poluição que causam em rios, os detergentes também prejudicam a vida de aves aquáticas e podem causar alergias dermatológicas nos seres humanos.

O plástico é outro elemento que produz grande impacto. Rios, mares e oceanos estão cada vez mais tomados por plástico das mais variadas formas. A situação é tão grave que se continuarmos a consumir e descartar plástico como fazemos hoje, em 2050 haverá mais plástico do que peixes nos oceanos. Uma forma de conter tanta poluição é diminuir o consumo e o descarte de plástico, começando pelo uso de sacolas.

Rio Tietê cheio de espuma resultante de produtos como detergentes e fertilizantes em Pirapora do Bom Jesus. / Imagem: Rafael Pacheco/Fotos Públicas. / Reprodução: G1

3. Evite o desperdício de alimentos frescos

Sabe aquelas embalagens plásticas (os sacos plásticos que geralmente são vendidos em grande quantidade nos mercados) para armazenamento de alimentos na geladeira? Além da poluição ambiental causada pelo descarte, esses sacos plásticos geram impactos desde a extração de recursos necessários à produção (elas são derivadas do petróleo), passando pelo uso água e energia no processo produtivo, onde são liberados rejeitos líquidos e gases de efeito estufa (GEE) [1].

Se não bastasse todo esse histórico de impacto e de alta pegada de carbono que adquirimos ao consumidor esse tipo de produto, essas embalagens também podem reduzir o tempo de vida de verduras e legumes aumentando o desperdício de alimentos e de seu dinheiro. Nossa dica para aumentar a durabilidade de seus alimentos é optar por outras formas de armazenamento.

Imagem: Embrapa

4. Busque por produtos que tenham menor impacto no meio ambiente

Como estamos focando em mudar nosso consumo primeiramente pela cozinha, podemos buscar produtos que tenham uma cadeia produtiva que gere impactos sociais positivos e sejam menos poluentes ao meio ambiente.

Com a proibição de sacolas plásticas em alguns estados do Brasil, foi bem comum ver pessoas questionando a respeito da embalagem de produtos comumente consumidos em mercados como arroz, feijão e açúcar, por exemplo. Essa ainda é a forma mais segura de se conservar produtos não perecíveis e garantir que os mesmos cheguem em grande escala a todo o mercado consumidor (precisamos considerar que nem todas as pessoas possuem acesso facilitado a alimentos). No entanto, já percebemos o aumento de locais que comercializam alimentos a granel, o que reduz bastante o consumo e descarte de plástico.

Voltando aos produtos que citados como poluentes, já há soluções de menor impacto no meio ambiente. Uma forma de combater tanto impacto negativo dos detergentes convencionais no meio ambiente e garantir a saúde da sua pele é optar por produtos de limpeza naturais e biodegradáveis.  A Positiva possui uma linha de produtos de limpeza pensados para o consumidor consciente que deseja reduzir seus impactos na natureza, como o lava louças que também é hipoalergênico e possui embalagem feita com plástico retirado dos oceanos 100% reciclado.

Lava louças da Positiva: hipoalergênico, biodegradável e vegano. / Imagem: Positiva

Para substituir as sacolas plásticas para descartar os resíduos residenciais pode-se optar por alternativas menos impactantes como os sacos de lixo 100% biodegradáveis da Tudo Biodegradável.  E para as embalagens plásticas de armazenamento de alimentos uma boa alternativa são os produtos da Junibee como as bags de geladeira feitas para o correto armazenamento de verduras e legumes lavados. Além das bags conservarem seu alimento e não poluírem os oceanos, também são feitas de algodão orgânico.

Bag Junibee para armazenar folhas, verduras, legumes lavadas na geladeira./ Imagem: Junibee

5. Se possível, concentre suas compras em um único lugar

A boa notícia é que tem se tornado cada vez mais fácil encontrar lojas, empresas e estabelecimentos que comercializem produtos com uma pegada mais sustentável e isso é fruto da maior conscientização que nós, consumidores, estamos desenvolvendo.

Uma boa dica, já pensando um pouco mais além, seria concentrar as compras em um único local, que disponibilizasse para a venda diversos produtos que tivessem um impacto social positivo e um menor impacto negativo na natureza. Um local que reúna todos esses itens é a Pangeia, uma loja online e física (que fica no Rio de Janeiro), que assim como nós, acredita em um mundo mais sustentável e justo a partir de pequenas ações no dia a dia e da conscientização das pessoas. Para saber mais sobre a Pangeia, clique aqui.

Print da loja online da Pangeia. / Imagem: Pangeia

Gostou das dicas? Você é um consumidor consciente? Conta para gente o que tem feito para tornar sua pegada no planeta mais sustentável.

[1] Fonte: MMA

 

 

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *