Saúde

Autocuidado e Saúde Mental

Antes de iniciarmos essa conversa, gostaria de convidá-los a terem uma nova perspectiva sobre a relação com saúde mental e autocuidado, evidenciando a profunda relação entre as duas, já que, uma está intrinsecamente ligada à outra.

Nos tempos de quarentena observamos uma grande necessidade por equilíbrio que nos foi sentenciado, sem ter para onde fugir, apenas encarando a nós mesmos e aquelas relações mais íntimas. Famílias inteiras reconfiguraram suas rotinas, trazendo o desafio da convivência direta com todos os membros. Além disso, há também os desafios pessoais, situações como: lidar com a nova configuração de trabalho, finalizar ou dar o passo inicial em projetos que já estavam há muito tempo no papel. Observe que podemos tirar algo positivo em todas as situações da vida. Aqui quero lhes trazer uma nova visão, que pode ser mais aconchegante e acolhedora diante das situações de crise, mudança drástica, incertezas…

Imagem: Creative Commons.

O mais importante é saber respirar, em todos os sentidos, tanto fisicamente quanto mentalmente. A mente é o seu próprio lar, lembre-se disso! Logo, você é seu próprio lar. Portanto, como você tem cultivado sua casa interna? Aproveitou para organizar as emoções em seus devidos lugares? Os afetos, ansiedades… Você se permitiu sentir cada uma sem julgamentos ou repressão, apenas deixando o corpo se expressar, gritar, chorar, correr, dançar, pular? Você se permitiu também se aproximar mais de si mesmo, reestabelecendo uma rotina de autocuidado, presença, firmeza e liderança da sua própria vida?

A maré pode muitas vezes parecer uma tempestade, porém quem consegue firmar e conduzir o leme é você mesmo! Não delegue a gestão de sua própria vida a ninguém a não ser você mesmo! Confie na sua experiência, reflita e faça escolhas conscientes.

Imagem: Creative Commons.

Nesse sentido, também é necessário destacar a importância da natureza em nosso bem-estar, saúde mental e ritmo de viver.  Em outras palavras, o quanto a conexão com os ciclos naturais da vida pode ser benéfico para uma vida mais leve e assertiva, criativa, inspiradora e com entusiasmo pelo viver – sem tabus ou neuroses excessivas. Assim passamos a observar a sutileza da vida.

Não é necessário você morar cercado pela natureza para conseguir resgatar o fluxo saudável do seu ser. A dica é fazer caminhadas ao ar livre, quando possível, estando na presença de elementos naturais como floresta, mar, rio, pássaros. Ao fazer isso, observe como seu corpo começa a reagir, é algo simples e palpável de constatar: o nível de estresse baixa, a respiração se acalma gerando uma sensação de bem-estar gigante, elevando a serotonina e dopamina do próprio corpo. Isso também é uma prática de autocuidado!

Imagem: Creative Commons.

Outro ponto são as questões sociambientais que também foram escancaradamente ameaçadas diante de nossos olhos, como as invasões de terras indígenas em vários territórios (para grilagem ou garimpos ilegais) com grande destaque para a região da Amazônia e o aumento do desmatamento no Brasil – um balanço divulgado pelo sistema Deter do Inpe (Instituto de Pesquisas Espaciais), mostra que o desmatamento na Amazônia vem crescendo em ritmo alarmante.

Esses fatos afetam drasticamente a capacidade de regeneração dos recursos naturais, dos ecossistemas e da Terra. Tudo vem sofrendo transformações, nada será como antes. A dúvida que paira é até quando iremos, como sociedade, suportar o agravamento da situação socioambiental?

Imagem: Creative Commons.

Perceba que assim como nas mais íntimas relações em que enfrentamos nossos próprios desafios, também precisamos nos debruçar pelas causas coletivas. Caminhando nesse sentido torna-se possível promover e sustentar uma vida mais saudável com todo planeta. Para concluir, é sempre bom lembrar: Cuide de Si, Cuide do Outro, Cuide do Planeta!

 

Referências:

ECOA. Desmatamento na Amazônia aumenta 34% em maio, diz Inpe. UOL. Disponível em: <https://www.uol.com.br/ecoa/ultimas-noticias/2020/06/05/alertas-de-desmatamento-na-amazonia-crescem-em-ritmo-alarmante.htm?cmpid=copiaecola>.

 

 

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *