Meio AmbienteSaúde

Menstruação e sustentabilidade: alternativas aos absorventes descartáveis

A menstruação ainda é um tabu e raramente o tópico é discutido com naturalidade, principalmente quando falamos de sangue.

Você sabia que uma pessoa com vulva, durante sua vida fértil, utiliza entre 10 e 15 mil absorventes (externos e/ou internos), que equivale a cerca de 180 kg de lixo exclusivamente proveniente destes produtos descartáveis?

Imagem: : Creative Commons.

Além dos absorventes convencionais serem feitos de celulose (que muitas vezes, causa desmatamento para sua produção) e plástico (derivado do petróleo), no Brasil estes produtos não possuem destinação correta após o descarte e, nos aterros, demoram até 100 anos para se decompor.

Pensando nisso, trouxemos algumas alternativas ambientalmente sustentáveis para tornar o seu período menstrual mais leve (além de todos os benefícios e conforto para além de ajudar o ambiente) e para desafiar esse novo olhar.

Coletor Menstrual

Feito de silicone medicinal, o famoso “copinho” é produzido sem nenhum tipo de produto químico e deve ser encaixado dentro do canal vaginal, onde ele vai coletar o sangue (e não absorver). Dependendo do fluxo, o coletor pode ficar até 12 horas até ser esvaziado, limpo e reinserido no canal.

Imagem: Creative Commons.

O uso do coletor elimina odores provenientes do contato do sangue com o ar e pode ser utilizado (dependendo do fabricante) de 5 a 10 anos antes do descarte.

Disco Menstrual

Muito similar ao coletor, o disco coletor também é feito de silicone e pode ficar até 12 horas inserido, porém posiciona-se mais fundo no canal vaginal. O grande ponto positivo do disco é a possibilidade de ter relações sexuais durante o seu uso!

Foto: Reprodução/ Inciclo.

O disco possui apenas um tamanho padrão e vale lembrar que não funciona como método contraceptivo.

Calcinhas Absorventes

As calcinhas absorventes são como calcinhas normais, mas que absorvem o sangue e podem ser lavadas e reutilizadas. Duram aproximadamente dois anos e existem em diversos modelos para fluxos diferentes.

Imagem: Reprodução/ Marie Claire.

É ideal para quem não se sente confortável em utilizar coletores internos, mas também pode ser utilizados juntos a eles, garantindo proteção extra em caso de vazamentos.

As calcinhas absorventes possuem o toque seco mesmo quando utilizadas e também são uma opção para pós-parto e incontinência.

Absorventes de Pano

Muito próximos à calcinha, os absorventes de pano também podem ser lavados e reutilizados, mas são uma opção mais barata e que pode se adaptar à calcinha da sua escolha.

Imagem: Reprodução/ Korui.

Possibilitam a troca mais rápida e fácil no dia-a-dia (não é necessário trocar a calcinha quando chega a hora) e muitas marcas disponibilizam bolsas impermeáveis para maior conforto durante a troca.

O que você acha de uma menstruação mais sustentável e saudável? Que tal buscar novas formas de vivenciar o seu período menstrual?

 

 

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *