SaúdeSemana Temática

A Vida Moderna e os Transtornos Alimentares – Parte I

Imagem: Youtube

Sabemos a importância que uma alimentação saudável e balanceada possui para a manutenção de nossa saúde. Já falamos sobre a importância da alimentação em alguns momentos como: Você sabe o que está comendo?; e Reeducação Alimentar e Atividade Física.

Somos diariamente impactados por um volume cada vez maior de informações, inclusive informações ligadas à saúde e ao bem-estar, como hábitos saudáveis, alimentos benéficos e alimentos prejudiciais à saúde. Assim como também somos bombardeados, desde pequenos, por padrões de vida e estilo que muitas vezes não condizem com a nossa realidade.

Imagem: Respira pela Vida

Esses fatores combinados à agitação de nossa vida cotidiana acabam contribuindo para o surgimento de muitas dúvidas e preocupações acerca da forma como estamos nos alimentando e vivendo. São tantas informações que é difícil ignorar. As redes sociais que o digam!

E é aí que devemos ter atenção e tomar todo cuidado para não embarcar em promessas fáceis para ter um corpo tal qual aquela capa de revista. Sabe aquelas dietas milagrosas que prometem a perda de x quilos em apenas uma semana? Sabe aquela figura pública que cortou uma grande gama de grupos alimentares e perdeu grande quantidade de peso? Não caia na armadilha de achar que seguindo as mesmas dietas você conseguirá o mesmo resultado.

Imagem: Youtube

Bem, talvez até consiga, porém, como cada organismo tem necessidades específicas, você até poderá se livrar de alguns quilos, mas dificilmente não afetará sua saúde para tal. E é nesse cenário que temos observado o aumento de casos de transtornos alimentares, como a bulimia nervosa e anorexia nervosa.

 

Bulimia Nervosa

A bulimia nervosa, comumente chamada de bulimia, é um transtorno alimentar caracterizado por períodos recorrentes e incontroláveis de ingestão de grandes quantidades de alimentos seguidos por comportamentos e métodos compensatórios, em um esforço para evitar o ganho de peso (práticas que envolvem indução de vômitos, uso de laxativos e diuréticos, jejum prolongado e prática exaustiva de atividade física).

A bulimia pode ser causada por uma crise de baixa autoestima, ligada à insatisfação e/ou distorção da imagem corporal, sendo muitas vezes potencializada pela pressão de familiares e amigos. O transtorno ainda pode apresentar como “gatilhos” a depressão, as dificuldades nos relacionamentos interpessoais, os aborrecimentos e as dietas restritivas e/ou prolongadas.

 

Anorexia Nervosa

A anorexia nervosa, ou anorexia, é uma doença que se caracteriza pela perda voluntária de peso, sendo motivada por um desejo patológico de emagrecer aliado a um medo intenso de engordar. Ela pode causar graves problemas psiquiátricos ligados à distorção da autoimagem do indivíduo, que mesmo estando extremamente magro se enxerga como obeso.

Imagem: El Territorio

Predisposição genética, conceito atual de moda que determina a magreza absoluta como padrão de beleza e elegância, pressão da família e do grupo social e alterações neuroquímicas cerebrais (especialmente na concentração de serotonina e noradrenalina) são fatores que favorecem o aparecimento da anorexia.

Alterações comportamentais tais como: mudanças bruscas de humor; desculpas para não comer em casa; preocupação exagerada com o conteúdo calórico dos alimentos e por dietas perda de peso; sono excessivo; frio excessivo; queda de cabelo; isolamento familiar e social; vômitos; atividade física exagerada; redução brusca da alimentação; e utilização de medicamentos anorexigênos (redutores do apetite) e laxantes devem alertar os familiares para a presença da doença.

Imagem: Insight Psicoterapias

Esses dois transtornos alimentares tendem a aparecer na adolescência, contudo já vem se observando a incidência em indivíduos cada vez mais jovens, influenciados pelos padrões observados nas mídias em geral.

Imagem: Instituto de Psicologia USP

Por isso é de extrema importância que pais, familiares e amigos estejam atentos para o comportamento de crianças, adolescentes e jovens. Anorexia e bulimia não são modinha de adolescentes e muito menos uma fase passageira, são doenças que se não tratadas adequadamente podem levar a morte. Busque ajuda especializada!

Com informações de Drauzio Varella, Drauzio Varella, GNT, GTDA e GTDA.

 

Clique aqui para ler mais artigos de Nathália Abreu

 

 

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *