AlimentaçãoSemana TemáticaUrbanidade

Hortas Cariocas: projeto ensina plantio de hortaliças e educação ambiental

O Hortas Cariocas utiliza áreas próximas a comunidades carentes ou escolas municipais e aproxima a população da agricultura orgânica e urbana. Além disso, beneficia a população do entorno com alimentos, gerar renda para quem administra (uma vez que aproveita mão de obra local) e, a horta se torna um laboratório para a educação ambiental.

Criado há 12 anos, o Hortas Cariocas é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Conservação e Meio Ambiente (Seconserma), tem por objetivo incentivar a agroecologia urbana no Rio de Janeiro e hoje beneficia cerca de 20 mil pessoas.

Ao todo, as 35 hortas participantes do projeto, produzem entre 40 e 45 toneladas de legumes, verduras e outros alimentos sem uso de adubos ou defensivos químicos. A produção atende as escolas municipais e no seu cultivo não é utilizado Agroquimicos (como Adubo Mineral, Agrotóxicos ou Defensivos Agrícolas).

Mas como funciona? Os agentes da Seconserma identificam locais com potencial para o cultivo de alimentos orgânicos, e a secretaria incentiva a participação no programa oferecendo uma remuneração mensal aos hortelãos.  Em troca, metade da produção é destinada a creches, asilos, abrigos, escolas municipais do entorno da horta e famílias carentes indicadas pelas Associações de Moradores. A outra metade pode ser vendida, gerando renda adicional para o grupo que pode adquirir equipamentos para a horta.

Imagem: Horta Dirce Teixeira – Hortas Cariocas

Quando localizadas em escolas, toda a produção da horta é destinada a complementar a merenda dos alunos. A Escola Municipal Emma D’Ávila de Camillis, em Pedra de Guaratiba na Zona Oeste da cidade, é uma das escolas municipais que participam do programa Hortas Cariocas.

A direção da Emma D’Ávila, por exemplo, indicou pessoas que já tinham alguma experiência com hortas urbanas, e elas passaram a ser responsáveis pela manutenção do plantio e por repassar o conhecimento sobre as hortas e educação alimentar aos alunos da escola.

Assim, os alunos além de se alimentarem com a produção orgânica da própria horta, aprendem sobre plantio e cuidados e, sobre alimentação saudável. É ou não é um projeto incrível?

Com informações: Hortas Cariocas, Prefeitura do Rio de Janeiro e O Globo

 

 

 

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *